Acusado de ter assassinado a ex-mulher a facadas está detido no CDP de Pacaembu

O homem de 33 anos suspeito de ter assassinado a ex-mulher a facadas em Dracena teve a prisão em flagrante convertida em preventiva na tarde desta terça-feira (21). A decisão foi determinada pela Justiça durante a realização de audiência de custódia.

O suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Civil depois de ter cometido o crime na casa de sua mãe, no Jardim Jussara.

A delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Luciana Nunes Falcão Mendes, informou que o homem foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) 1 de Pacaembu.

Conforme Luciana, a vítima, de 30 anos, foi atingida por um golpe na região frontal esquerda da cabeça e mais dois no peito. “Ela [vítima] morreu devido a uma das facadas, desferida próximo ao seio, ter atingido o coração”, explicou a delegada.

O crime

Uma mulher de 30 anos foi assassinada a facadas, na manhã desta segunda-feira (20), em uma residência, em Dracena. O suspeito de cometer o crime de feminicídio é o ex-marido da vítima que fugiu após golpeá-la.

A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Pronto Atendimento Municipal (PAM) pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

MAIS NOTICIAS
Carregue mais