Após fiança de quase R$ 20 mil, Justiça liberta suspeitos de envolvimento em atropelamento que matou mulher

O juiz Guilherme Eduardo Martins Kellner, da 2ª Vara Criminal do Fórum da Comarca de Osvaldo Cruz, expediu na tarde desta segunda-feira (10) os alvarás de soltura dos dois suspeitos de envolvimento no atropelamento que matou uma mulher, de 57 anos, na última sexta-feira (7), na cidade.

Os dois haviam sido presos em flagrante pela Polícia Militar na noite do acidente após fugirem sem prestar socorro à vítima.

A Justiça concedeu liberdade provisória com medidas cautelares aos dois rapazes, durante a realização da audiência de custódia no último sábado (8).

Na decisão, o juiz Arthur Lutiheri Baptista Nespoli, da Vara do Plantão do Fórum da Comarca de Tupã, determinou que os presos deveriam ser soltos somente após o pagamento de fiança no valor de R$ 19.960, cada um.

Como medidas cautelares aos suspeitos, o Poder Judiciário determinou o comparecimento mensal em juízo para informar e justificar suas atividades (preferencialmente até o dia 10 de cada mês), a proibição de ausentar-se da cidade sem prévia autorização judicial, o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga, e a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). FONTE; G1 Presidente Prudente)

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/62190478_741846406212523_1699893904809132032_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_oc=AQn8ZrKu0e2p846X-xP_yKyY57LLy0IHQ-ZDO-loXPbfP_gwAyBM7UnbtuNsLm-xFYY&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=c566697e05f267446382ee97859c96fd&oe=5D7D85D1

MAIS NOTICIAS
Carregue mais