Administração reivindica contrapartida financeira do Ministério da Saúde para manter Caps e Residência Terapêutica

O prefeito Maciel Corpa esteve em Brasília no começo deste mês, com o objetivo de tentar buscar apoio das autoridades do Ministério da Saúde para que comece o repasse de recursos federais para complementar os gastos com o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) e Residência Terapêutica.

Nessa visita ao Ministério da Saúde do Governo Federal, o prefeito esteve acompanhado pelo vereador Valdecir Pessan e o deputado federal Luiz Carlos Motta.

De acordo com o prefeito Maciel Corpa, o Caps e a Residência Terapêutica foram implantados devido recomendação do Ministério Público Federal com a proposta de que o Governo Federal destinaria verba para ajudar na manutenção, no entanto, desde a implantação em 2017 são mantidos exclusivamente pela Prefeitura de Pacaembu.

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61618180_468199777319052_4393059800670273536_o.jpg?_nc_cat=100&_nc_eui2=AeHUDvmBV0Zez1XQICvSiOY7ABE59ILOZ2QlAMpuwLqPBkpPg62TtxygbmlnKZlXhbdagCwJEn4XuQunkQ4_cXCrr3gow8hQ72sxIYQ-8FaWdg&_nc_oc=AQlNvIe_L8HYW24ddo6EGFFG-ATZDDhGHb9JgTVR5NL6V34ItUj-9ZeWchr5-WsdtnZfWAWCNdLdb5Jk-VGJKgV5&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=186222a74d5744a255a09057bc62fa12&oe=5DB6383B
A Prefeitura arca com o valor mensal de R$ 86.900,00, o que gera uma despesa anual de R$ 1.050.800,00, entre repasse para a Santa Casa, pagamento de profissionais, medicamentos de saúde mental, alimentação, aluguel, energia, telefone, entre outras.

A viagem do chefe do executivo foi a segunda tentativa de Pacaembu neste sentido, uma vez que no mês de fevereiro a secretária municipal de Saúde, Manuelina Corpa, também esteve na Capital Federal e protocolou ofício junto ao Ministério da Saúde. E na oportunidade foi previsto o início da transferência de recurso para a Residência Terapêutica em março ou abril deste ano, o que não ocorreu.

“São serviços de extrema importância e não queremos deixar de oferecêlos aos atendidos, mas estamos com muita dificuldade de conseguir mantêlos pelo alto custo e por isso necessitamos muito dessa contrapartida do Ministério da Saúde, já que houve afirmação de que teríamos ajuda financeira para manter o Caps e a Residência Terapêutica funcionando”, enfatizou Maciel.

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/61466280_468199540652409_7984462357814312960_o.jpg?_nc_cat=101&_nc_eui2=AeFDuMB7tIDaUaoeYT6PgGPGZdzFWDsv-6KppNahnuJP8FA5M1XYWR4mkTSgSXvN-JmiOzsHmssTY5AP1uMNRggRKWlhsAJEGkmerTvhJHZtYQ&_nc_oc=AQk89WXiQo8phkb1utP-ZMkV-7x6aw9GBFqG3-b4Z9R2dGceD54jY0kGkLmVjdsNuXlULWJ5OXvZUyAJaOf1WCv4&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=e9ef768affad72e55c38cb46c89fd6e5&oe=5DE1C192

MAIS NOTICIAS
Carregue mais