Mulher é encontrada sem vida pelo marido e o filho de 11 anos em Pacaembu

 

O homem e a criança socorreram a mulher, porém, ela já estava em óbito

Uma mulher de 35 anos de idade tirou a própria vida no final da tarde desta terça-feira (26) em Pacaembu.

Nossa reportagem buscou informações junto à Polícia Militar de Pacaembu que atendeu a ocorrência.

Fomos informados que segundo consta no boletim de ocorrência elaborado pelos policiais que estiveram no local assim que solicitados, por volta das 17h10 o marido de Silvia Regina dos Santos Lima, 35 anos de idade, teria se deparado com a mesma pendurada pelo pescoço por um lençol em uma parte de madeira da cobertura da área dos fundos da residência localizada no centro da cidade.

No desespero para salvar a vida da esposa, o homem contou com o auxílio do filho de apenas 11 anos de idade para cortar o lençol e retirar a mulher.

Ela chegou a ser levada para a Santa Casa, porém, teve óbito constatado pela equipe médica após as várias tentativas e manobras de ressuscitação.

A Polícia Militar informou ainda que de acordo com familiares, há históricos de outras tentativas de suicídio por parte da pacaembuense que inclusive vinha sofrendo um quadro de depressão.

A Polícia Civil esteve no local e o delegado Dr. André Eustáquio da Fonseca acionou Instituto de Criminalística solicitando a perícia no local.

Um laudo deve ser emitido nos próximos dias e será juntado ao inquérito policial que apura a morte da pacaembuense.

O fato chocou a população pela dinâmica do ocorrido e principalmente por se tratar de uma pessoa bastante conhecida na cidade e que deixa esposo e filhos.

O velório de Silvia está sendo realizado no Velório Municipal com sepultamento previsto para as 17h desta quarta-feira (27).

Aos familiares enlutados, os sentimentos e votos de pesar da equipe do Portal Folha Regional Pacaembu.

CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA

O CVV — Centro de Valorização da Vida é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

Para ter acesso aos serviços basta ligar 188. A ligação é gratuita.

FOTO: Divulgação/Redes Sociais

https://scontent-gru1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/s960x960/69211355_518466792292350_1224087991715102720_o.jpg?_nc_cat=100&_nc_ohc=za60A9evWWgAQkyOK2grwUMa1LDwxoM4WIu6iO5Z42ZOBDBVX0EDw6gSQ&_nc_ht=scontent-gru1-1.xx&oh=6b51b8be79546902e9f2406e54ecb7cf&oe=5E40D100

 

MAIS NOTICIAS
Carregue mais