DAE flagra novas fraudes em hidrômetros de residências e aciona a Polícia

 

 

Após detectar suposta fraude e averiguar o caso, o Departamento de Água e Esgoto da Prefeitura de Pacaembu flagrou dois novos casos de uso de arame no hidrômetro de residências no município. Como já havia ocorrido no mês de outubro deste ano.

O diretor do DAE, Marcos Alves, explica que a ação visa parar o giro do equipamento, responsável por registrar o consumo de água, e assim burlar a leitura de água que gera o valor da cobrança.

Esta prática, segundo a Assessoria Jurídica da Prefeitura de Pacaembu é crime e está previsto no artigo 155 do CP (Código Penal Brasileiro).

Além disso, o Departamento tem autoridade de aplicar multa no autor por meio de auto de infração com a seguinte descrição: Interferência na computação do consumo de água através de danificação do hidrômetro com um ferro. O valor previsto é de 20% do salário mínimo na primeira incidência.

Em todos os casos flagrados pelo DAE, as Polícias Militar e Civil são acionadas para registro de Boletim de Ocorrência fazer a perícia técnica nos hidrômetros retirados.

“Continuaremos com esse trabalho de averiguação de possíveis novas fraudes e com certeza tomaremos as providências cabíveis”, afirmou Marcos.

 

 

Prefeitura de Pacaembu

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/69082043_526803058125390_1342841153094942720_o.jpg?_nc_cat=101&_nc_ohc=jCy17O8ryTQAQmi7bP4JYIoOw6HetN1Bw_G5o1TqAAJSG9BOZ7xrtwiiQ&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=c54277ad0eab91cef9ad30da9a4226e9&oe=5EB22FF3
 

 

In the news
Load More