Operação Atoleiro apreende quase R$ 80 mil em Pacaembu

A Operação Atoleiro, deflagrada nesta quarta-feira (11) em Pacaembu, apreendeu R$ 79.143. A ação foi realizada pela Polícia Civil, Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), Ministério Público Estadual (MPE) e Secretaria Estadual da Fazenda.

De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos oito mandados de prisão preventiva. Os presos, sendo sete homens e uma mulher, foram ouvidos e encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pacaembu, no caso dos homens, e para a Penitenciária de Tupi Paulista, no caso da mulher.

Além da quantia em dinheiro, também foram apreendidos 13 celulares, sete notebooks e dois computadores.

A força-tarefa ainda permanece na Prefeitura de Pacaembu verificando documentos.

De acordo com a polícia, o esquema investigado trata de licitações fraudulentas, onde os vencedores dos certames eram direcionados para determinados fornecedores.

Os alvos da operação são servidores municipais, secretários municipais e empresários, de acordo com a Polícia Civil.

“Os nomes dos alvos e das empresas envolvidas não serão divulgados em razão do sigilo nas investigações”, segundo a polícia.

O prejuízo financeiro será apurado durante as investigações, através dos materiais apreendidos nesta quarta-feira (11).

PREFEITURA

A Prefeitura de Pacaembu declarou na tarde desta quarta-feira (11) que ainda não há um posicionamento oficial sobre o caso. (FONTE: G1 Presidente Prudente)

FOTO: Polícia Civil / Cedida


In the news
Load More