Governo de SP proíbe que visitantes façam entregas presenciais nos presídios

Imagens do Centro de Detenção Provisória I e II da Cidade de Pacaembu/SP. Data: 02/04/2019. Foto: Governo do Estado de São Paulo Data: 03/04/2019 Foto: Governo do Estado de São Paulo

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) anunciou nesta quarta-feira (25) que não é mais permitido que visitantes façam entregas presenciais de materiais nos presídios do estado de São Paulo para detentos do sistema prisional do estado.

A partir da determinação as remessas deverão ser enviadas pelo correio. A medida pretende conter a proliferação do coronavírus.

Segundo a pasta, os presos recebem material de higiene e limpeza, adquirido pelo Estado, mas se familiares quiserem enviar alimentos e produtos de higiene pessoal poderão ser transferidos recursos para a conta pecúlio, conta corrente em que é depositada a remuneração do trabalho dos presos durante o cumprimento de pena. O valor depositado poderá ser utilizado para que a unidade adquira itens extras que serão entregues diretamente ao preso.

A SAP ainda determinou o afastamento de todos os servidores com 60 anos ou mais, além daqueles que sejam portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras doenças que deprimam o sistema imunológico, desde que comprovada a condição de saúde.

Outras medidas

Na sexta-feira (20), a Justiça de São Paulo proibiu, por meio de uma decisão liminar (provisória), a visita a presos de todas as 176 unidades prisionais do estado de São Paulo para conter a proliferação do coronavírus entre agentes de segurança penitenciários, presos, visitantes e a população em geral.

Na quinta-feira (19) a SAP anunciou algumas medidas que seriam tomadas em decorrência da pandemia do coronavírus no Brasil, entre elas, as visitas aos presos foram limitadas a um visitante por fim de semana e a ida de crianças e adolescentes e de pessoas acima de 60 anos foi proibida. A decisão considerou que a limitação não foi suficiente para proteger a vida dos agentes de segurança penitenciária. (G1 São Paulo)

A imagem pode conter: texto

In the news
Load More