Connect with us

Cidades

Entrega das 100 novas casas populares depende de serviços da Elektro e Caixa

Publicado

em

A reportagem do Folha Regional esteve nesta semana no novo conjunto habitacional em construção em Pacaembu. Visando acompanhar como estão os trâmites para a entrega das 100 casas construídas pela CDHU em parceria com a Prefeitura de Pacaembu, apuramos que tudo agora está nas mãos e só depende de procedimentos por parte da Elektro e também da Caixa Econômica Federal.

Na parte estrutural, as 100 casas estão completamente construídas, dotadas de aquecedores solares, piso instalado, pintadas, com água instalada pelo DAE – Departamento de Água e Esgoto e prontas para que a construtora faça a checagem e posteriormente a entrega para a CDHU.

Porém, a construtora responsável vem sofrendo um impasse com a Elektro no que tange à instalação dos postes e iluminação pública das vias do novo conjunto habitacional, além das ligações da rede elétrica às casas.

O prazo estabelecido pela companhia era de que os postes deveriam estar instalados no mês de fevereiro, o que na prática não ocorreu. Nossa reportagem conferiu que no novo conjunto habitacional os postes que serão instalados no conjunto habitacional já estão no local. Ainda, por parte da Caixa Econômica Federal, falta a habilitação dos sorteados dando andamento ao processo para que a CDHU possa por sua vez, proceder aos trabalhos sociais que fazem parte do processo de entrega dos imóveis.

Com estes dois entraves resolvidos pela Elektro e a Caixa, a construtora poderá então realizar os ajustes nos trâmites da documentação junto aos órgãos competentes e por fim, realizar o check-list com os novos mutuários e a posterior entrega aos mesmos juntamente com a Caixa.

PREFEITURA BUSCA AGILIZAR O PROCESSO

Sobre a situação, nossa reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Pacaembu, que informou que através do setor responsável, busca agilizar o processo junto à CDHU, Caixa e Elektro, visando assim garantir que a entrega das casas seja feita o quanto antes para os contemplados.

Publicidade

Mais Lidas