Connect with us

Cidades

Promotoria instaura inquérito civil para apurar responsabilidade e soluções para escassez e o racionamento de água em Pacaembu

Publicado

em

No último domingo (4), a Promotoria de Justiça – após diversas reclamações de munícipes – instaurou inquérito civil para apurar responsabilidade e soluções para escassez e o racionamento de água em alguns bairros de Pacaembu.

Consta do expediente que há registros de falta d’água pelo menos desde 2018. A onda de calor na região, objeto de expressa advertência da Defesa Civil do Estado e a pandemia da Covid-19 acentuam ainda mais o risco sanitário pela carência de bem essencial.

Foram solicitadas informações da Prefeitura Municipal de Pacaembu e do Departamento de Águas do Estado, além de reunião com o prefeito e os responsáveis do Departamento do Município na última terça-feira (6).

Recomenda-se o uso racional, devendo ser evitado o desperdício e o uso recreativo.

“De acordo com a ONU, a água é necessária em todos os aspectos da vida; e, segundo a Política Nacional de Recursos Hídricos, é recurso natural limitado que, em situações de racionamento, deve ser usado prioritariamente ao consumo humano e dessedentação de animais – necessária a responsabilidade para o bem comum e uso pelas próximas gerações”, informou a promotoria.

 

https://i2.wp.com/media.giphy.com/media/RGYQ2hNMZ53Vw0xEqi/giphy.gif?w=740&ssl=1

Mais Lidas