Connect with us

Cidades

Questionados, candidatos a prefeito analisam e apresentam soluções para a rotatória

Publicado

em

Em entrevista concedida ao Grupo Folha Regional (jornal, site e TV), os candidatos à prefeitura de Pacaembu, Adão Viscardi (PV), João Francisco (PL), Luzia Enfermeira (PSB) e Marcos Lourencetti (PSDB) foram questionados e analisaram a situação da polêmica rotatória localizada na avenida Vereador José Gomes Duda, cruzamento com a rua Deputado Castro de Carvalho.

A rotatória desde a sua construção no centro da Cidade Paraíso, sempre gerou questionamentos, desta forma na entrevista os candidatos a prefeito foram questionados sobre o assunto, tendo a oportunidade de apresentar soluções para o que até então, é visto como um dos “problemas” em Pacaembu.

O primeiro entrevistado da série foi Adão Viscardi que afirmou que antes da instalação, pediu sugestões, ouviu comerciantes e foi contra a instalação, porém, não teria sido ouvido sobre a situação. “Acho ridícula a rotatória. Se eleito for, vou fazer um trabalho dentro da lei, buscar orientação técnica sobre a rotatória e após havendo um parecer sobre o assunto, iremos fazer a alteração necessária no dispositivo”, afirmou Adão.

Já o candidato João Francisco, reafirmou que o governo com sua vice será pautado no diálogo, respeitando e ouvindo a opinião da população. “Vamos contar com apoio técnico, se houver necessidade, para fazer as adequações ou alterações necessárias, mas sempre respeitando a população, empresários ali próximo estabelecidos e demais interessados. Não podemos prometer e nem jogar dinheiro fora, porém, vamos fazer reuniões e acertar as medidas necessárias”, disse na entrevista.

Por sua vez, a candidata Luzia Enfermeira, reconheceu que o problema é alvo de constantes reclamações desde quando a rotatória foi instalada e ainda que há os pros e contras sobre a existência do dispositivo e como solução, disse que é necessária a contratação de um especialista em trânsito e este é quem vai atestar ou não a realização de alterações, troca por semáforo ou outro dispositivo que se adeque à realidade daquele local.

Por fim, o último entrevistado, Marcos Lourencetti, frisou que está sendo bastante cobrado sobre o assunto, uma vez que parte da população concorda e outra não. Como solução, afirmou que se eleito, pretende procurar pessoas técnicas na área, analisar e resolver, tomando as medidas seja de diminuição e até mesmo adequação do dispositivo. As entrevistas podem ser assistidas na íntegra no portal folharegionalpacaembu.com.br.

 

https://i2.wp.com/media.giphy.com/media/RGYQ2hNMZ53Vw0xEqi/giphy.gif?w=740&ssl=1

Publicidade

Mais Lidas