Connect with us

Geral

Vigilante mata ex-esposa grávida, ex-sogra e ex-cunhado e depois comete suicídio

Publicado

em

Um vigilante se matou depois de assassinar três pessoas nesta terça-feira (24), em Birigui (SP).

O crime aconteceu no fim da tarde em uma casa na rua João Batista dos Santos, no Parque São Vicente.

De acordo com informações da PM, o suspeito invadiu a casa e cometeu os crimes por volta de 17h30. A polícia foi acionada por testemunhas e, ao chegar na casa, encontrou duas mulheres e um homem mortos com tiros na cabeça. Depois, o suspeito de cometer os assassinatos foi encontrado sem vida, com um tiro na cabeça e uma arma ao lado do corpo.

NOMES
A reportagem apurou que o autor do crime é um vigilante identificado como Leandro Santos Caetano. Parentes das vítimas disseram que ele invadiu a casa da ex-sogra, Daiana Cristina, de 49 anos, matou ela, a ex-esposa, de 16 anos e o ex-cunhado, Igor Markeli, de 24. Depois, Leandro se suicidou com um tiro na cabeça.


GRÁVIDA
A menor estava grávida há cinco meses e o pai era o autor do crime. A motivação dos homicídios teria sido por ciúmes, já que ela teria terminado com Leandro recentemente. Após o fim do relacionamento, ela voltou para a casa da mãe. Inicialmente, a informação era de que o vigilante teria flagrado uma suposta traição, mas a hipótese foi descartada durante a noite.

A polícia encontrou, também na casa, mas no quintal, o corpo de um cão da raça pitbull alvejado com vários tiros.

O barulho dos disparos foi ouvido por vários moradores do bairro. A casa foi cercada para o trabalho da perícia e os corpos encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal). O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Mais Lidas