Connect with us

Polícia

Cadeirante morre durante incêndio em residência

Publicado

em


Um incêndio em residência, nesta sexta-feira (22), resultou na morte de uma mulher de 35 anos, em Santo Expedito (SP). A vítima fatal era moradora do imóvel e cadeirante. O caso foi registrado como incêndio e morte suspeita na Delegacia da Polícia Civil.

O delegado da Polícia Civil, João Paulo Tardin, relatou que as primeiras impressões do local indicam que o fogo começou no quarto da vítima, provavelmente na cama dela.

Por ora, não há indícios de prática criminosa, segundo afirmou o delegado. “Pode ter sido iniciado por curto-circuito ou bituca de cigarro da própria vítima”, comentou.

Após o início do incêndio, outros dois familiares que estavam no imóvel conseguiram sair com a ajuda de vizinhos. Contudo, não conseguiram resgatar a vítima a tempo, pois o fogo se alastrou rapidamente pelo pelo cômodo (quarto da vítima).

Conforme informações, a vítima estava há alguns anos na condição de cadeirante devido a sequelas decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Uma equipe pericial foi acionada e compareceu ao local.

Foi instaurado Inquérito Policial para apurar os fatos.



Mais Lidas