Connect with us

Geral

Anvisa adia decisão de liberação dos autotestes de Covid no Brasil

Publicado

em

Nesta quarta-feira (19), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu adiar a decisão sobre a liberação ou não da venda de testes rápidos de Covid-19 para que a população possa fazer o exame em casa.

Quatro diretores da agência optaram por adiar a decisão para que eles possam  cobrar mais dados do Ministério da Saúde sobre os chamados autotestes . A liberação foi solicitada pela pasta após a explosão de casos da doença com o avanço da variante Ômicron.

Embora a relatora do processo tenha votado pela liberação, a maioria dos integrantes da Anvisa não concordou com a decisão.

Em apresentação, o diretor da agência, Rômison Rodrigues Mota, sugeriu a realização de diligências, em um prazo de 15 dias, para cobrar o Ministério da Saúde a formalização de uma política pública antes de decidir sobre a liberação do autoteste.

Além do presidente da Anvisa, mais dois diretores concordaram com a posição, fechando quatro votos favoráveis a aguardar mais informações, contra somente um voto pela liberação. 

Os diretores da agência também criticaram a falta de política pública do Ministério da Saúde para testar a população em massa e a falta de regulamentação sobre o uso do autoteste.

Mais Lidas