Connect with us

Geral

Acusado de estuprar e matar a mãe idosa em Bauru é condenado a 42 anos de prisão

Publicado

em

Um homem foi condenado a 42 anos de prisão por abuso sexual e homicídio contra a própria mãe em Bauru, no interior de São Paulo. O caso foi registrado no dia 30 de março de 2019, depois que a idosa de 80 anos foi encontrada morta na cama dela.

O julgamento aconteceu nesta quinta-feira (7) e condenou o réu, de 42 anos, pelos crimes de feminicídio, com as qualificadoras de uso de meio cruel e para assegurar a ocultação de outro crime, e estupro de vulnerável.

De acordo com o Ministério Público, os depoimentos colhidos nos autos apontaram um comportamento agressivo do condenado, que agredia e ameaçava a vítima de morte em diversas ocasiões.

Durante as investigações do caso, o laudo necroscópico apontou que a mulher foi vítima de asfixia mecânica após a violência sexual. O nome do suspeito e da vítima não foram divulgados.

Mais Lidas