Connect with us

Manchete

Exames atestam que idoso sepultado em Pacaembu estava com coronavírus

Publicado

em

A Prefeitura de Dracena confirmou, na manhã desta sexta-feira (17), o terceiro caso positivo de Covid-19 no município. A vítima é um idoso, 63 anos, que morreu no início de abril. O Poder Executivo pede à população que recomendações de proteção sejam rigorosamente seguidas.

Conforme a Prefeitura, o então morador de Dracena esteve internado sob suspeita da doença na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em isolamento da Santa Casa local e faleceu no dia 4 de abril.

Desde então a Secretaria Municipal de Saúde aguardava o retorno do exame do Instituto Adolfo Lutz, que chegou na manhã desta sexta-feira.

A imagem pode conter: árvore, planta e atividades ao ar livre

FOTO: Diego Fernandes Silva / Folha Regional

Na época do falecimento, todos os protocolos sanitários foram seguidos rigidamente pelos agentes de saúde do município”, informou a Prefeitura em nota.

O corpo do idoso foi sepultado no Cemitério Municipal de Pacaembu.

O Poder Executivo pede a colaboração de toda a população para seguir com rigor a todas as recomendações dadas pelos órgãos de saúde.

O primeiro caso confirmado da cidade foi o do agente penitenciário Aparecido Cabriot, de 64 anos, que morreu no dia 3 de abril. Inicialmente, a doença também foi atestada por laboratório particular e confirmada pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (SP).

Nesta quinta-feira (16) foi divulgado o segundo caso positivo de Covid-19. Segundo a Prefeitura e a Santa Casa do município, o exame foi feito em um laboratório particular e o paciente, de 51 anos, está internado no leito de isolamento da UTI da Santa Casa de Dracena.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

 

Publicidade

Mais Lidas